Home » » Christmas Movie Songs Playlist

Christmas Movie Songs Playlist


Dezembro é um grande mês. Não só é o mês em que o vosso fiel crítico celebra o seu pachorrento aniversário, como (há quem diga mais importante que isso) é o mês do Natal! Não sou um fanático pelo alarido que se faz à volta do Natal, mas também não sou um Ebenezer Scrooge. O consumismo desenfreado choca-me. Claro que gosto de receber o meu DVD tanto quanto o próximo, mas se é para perder a cabeça em shoppings uma pessoa pode fazê-lo em qualquer altura do ano. Mas também não gosto da hipocrisia de desejos ocos de boa vontade quando no resto do ano as pessoas que os fazem não se regem pelos mesmos princípios. 

Mas nesta vida uma pessoa aproveita o que pode. Se a sociedade nos impõe uma época onde os laços familiares ficam mais fortes e podemos celebrar a beleza da nossa vida, do nosso amor familiar e dos princípios mais puros da nossa religião (qualquer que ela seja) então só temos que aproveitar. O tempo de Natal é um tempo de família, um tempo de paz, um tempo de reflexão antes de começarmos mais uma viagem à volta do Sol neste nosso pequeno planetinha.

E sentados no sofá, nesses momentos de convívio antes e depois da ceia de Natal, antes e depois do almoço de Natal, o cinema é presença, não digo obrigatória, mas pelo menos necessária para criar um simpático pano de fundo. Há três anos por esta altura publiquei uma lista de Filmes de Natal. Agora chega a vez das músicas de Natal que o cinema nos deu a conhecer, ou seja, das grandes músicas que foram criadas propositadamente para filmes e que se tornaram standards incontornáveis desta época. Um post para pôr a tocar quando se está na cozinha a fazer essenciais preparativos, como fazer bolachinhas, rechear um peru ou temperar um bacalhau…

Caro leitor, um santo e feliz Natal para si e para os seus.



"Where are You Christmas" (do filme 'How the Grinch Stole Christmas', 2000)

Música: James Horner | Letra: Will Jennings e Mariah Carey | Interpretação: Faith Hill

Num parágrafo: Pensada, digo eu, como uma sequela natalícia de 'All I Want for Christmas is You' para Mariah Carey, a música acabou por ser interpretada por Faith Hill quando motivos legais impediram Carey de se chegar à frente. Para hino de Natal não é muito memorável e tem os clichés forçados da quadra, mas vale pela passagem inicial ao piano e por Faith Hill saber cantar, e bem.



"Believe" (do filme 'The Polar Express', 2004)

Música e Letra: Glen Ballard e Alan Silvestri | Interpretação: Josh Groban

Num parágrafo: Uma sóbria, íntima e inspiracional balada que pela sua sentida veia nostalgia e pelo lugar comum do uso de sinos na orquestração entra facilmente para o cânone de boas músicas natalícias cantadas pelas vozes suaves dos trovadores modernos do pop melódico. O filme teve o seu quinhão de críticos, mas a música, nomeada para o Óscar, é um mini-clássico moderno.



"What's This" (do filme 'The Nightmare Before Christmas', 1993)

Música, Letra e Interpretação: Danny Elfman

Num parágrafo: A música mais animada da obra prima de Henry Sellick e Tim Burton reconstitui emocionalmente, com uma vibrante batida, a excitação de todas as crianças quando descobrem a magia do Natal, mas também de todos os mais velhos que a revivem no íntimo, ano após ano. A voz melodiosamente maquiavélica de Danny Elfman nunca nos deixa inteiramente à vontade, mas isso faz parte do seu charme intrínseco.



"Christmas is All Around" (do filme 'Love Actually', 2003)

Música e Letra: Reg Presley | Interpretação: Bill Nighy

Num parágrafo: Uma balada dos anos 1960, cuja cover pop dos Wet Wet Wet nos anos 1990 associada ao filme 'Four Wedding and a Funeral' vendeu como batatas quentes, transformada em hino de Natal em 'Love Actually' pelo génio cómico e auto-consciente de Richard Curtis, argumentista de ambos os filmes. Mais do que a música em si, a beleza desta adaptação está no hilariante desdém com que Bill Nighy a interpreta e decompõe (brilhante a cena na rádio), num grande send-off da indústria musical. 



"Somewhere in my Memory" (do filme 'Home Alone', 1990)

Música: John Williams | Letra: Leslie Bricusse

Num parágrafo: John Williams pode compor qualquer coisa, e compô-la bem. Com o seu letrista de longa data, Leslie Bricusse, não fez coisa pouca. Juntou à sua deliciosa banda sonora daquele que é o melhor filme de Natal do género comédia de todos os tempos, um hino intemporal que dá a ideia de que existe há tanto tempo como 'White Christmas' ou 'Jingle Bells'. Feito para coros, não para um solista, 'Somewhere in my Memory' é perfeito para cantar numa igreja, num concerto ao ar livre e claro, em família. "All of the family here with me" diz a letra. É isso o Natal. 




"One More Sleep Till Christmas" e "It Feels Like Christmas" (do filme 'The Muppet Christmas Carol', 1992)

Música e Letra: Paul Williams | Interpretação: Steve Whitmire (Kermit) e Jerry Nelson (Ghost of Christmas Present)

Num parágrafo: "Gentleman, let's close up for Christmas!". Fazer um grande filme a partir de uma obra mais que batida em termos de adaptações cinematográficas não é fácil. Mas 'Muppet Christmas Carol' provou que tal era possível e o pequeno mas extremamente simpático e talentoso Paul Williams é um dos grandes responsáveis por isso. De tantas músicas por onde escolher (ter este CD é um must!) partilho uma música para a véspera e uma para o dia de Natal. 'One More Sleep Til Christmas' embala-nos com alegria esperançosa para a Consoada e 'It Feels Like Christmas' é uma exuberante balada que transporta o Natal para o resto do ano e para todos os corações apaixonados.



"Have Yourself a Merry Little Christmas" (do filme 'Meet Me in St. Louis', 1944)

Música: Hugh Martin | Letra: Ralph Blane | Interpretação: Judy Garland

Num parágrafo: A original e única versão que conta de um dos maiores clássicos musicais de Natal de sempre. A tristeza nostálgica com que Judy interpreta a balada com a sua gloriosa voz grave tem o dom especial de não nos deprimir completamente. Em vez disso recordamos os amigos e a família que queremos ter perto nesta quadra, com uma lágrima no olho mas um sorriso no coração. Se estão perto damos-lhes um abraço. Senão a música leva-nos a pegar no telefone para lhes dizermos o quanto sentimos a sua falta.



"White Christmas" (do filme 'Holiday Inn', 1942, e 'White Christmas', 1954)

Música e Letra: Irving Berlin | Interpretação: Bing Crosby

Num parágrafo: Não é que um Natal branco seja algo que os portugueses do litoral, ou muita gente por esse mundo fora, esteja muito habituada a ter, mas este 'Natal Branco' a que Irvin Berlin se refere não se deve apenas à neve que alguns têm o prazer de desfrutar durante esta quadra. É uma sentida reminiscência dos nossos melhores Natais: aqueles da nossa infância, cuja magia queremos replicar para o resto das nossas vidas. A voz aveludada de Crosby introduziu-nos o clássico em 1942, onde é cantado com a intimidade que merece, e regressaria a ele na década seguinte, com toda a glória espampanante do Technicolor numa comédia musical com o título da própria canção.



0 comentários:

Enviar um comentário

Porque todos somos cinema, está na altura de dizer o que vos vai na gana (mas com jeitinho).

Vídeo do dia

Citação do dia

Top 10 Posts mais lidos de sempre

Com tecnologia do Blogger.

Read in your language

No facebook

Mais lido da semana

The Boss Baby

Ano: 2017 Realizador:  Tom McGrath Actores principais (voz): Alec Baldwin, Steve Buscemi, Jimmy Kimmel Duração: 97 min Crític...

Quem escreve

Quem escreve
Miguel. Portuense. Nasceu quando era novo e isso só lhe fez bem aos ossos. Agora, com 31 anos, ainda está para as curvas. O primeiro filme que viu no cinema foi A Pequena Sereia, quando tinha 5 anos, o que explica muita coisa. Desde aí, olhou sempre para trás e a história do cinema tornou-se a sua história. Pode ser que um dia consiga fazer disto vida, mas até lá, está aqui para se divertir, e partilhar com o insuspeito leitor aquilo que sente e é, quando vê Cinema.

Visualizações

Seguidores Blogger

Seguidores Google+

 
Copyright © 2015 Eu Sou Cinema. Blogger Templates